Conservação de doces: 4 dicas para os doces resistirem ao calor por mais tempo

Com a chegada do verão muitos confeiteiros seguem em busca das novidades da estação para oferecer aos seus clientes algumas novidades, mas existe outro ponto que também merece atenção: a conservação de doces.

Especialmente no caso dos produtos feitos com chocolate, é preciso ter cuidado, pois eles derretem facilmente em temperaturas mais altas, mas podem perder a qualidade se forem refrigerados da maneira errada.

Além da questão estética, é preciso manter-se atento à segurança alimentar, já que existem doces que podem estragar rapidamente, como aqueles feitos com frutas, creme de leite fresco etc.

Por todos esses motivos, é essencial conhecer algumas dicas para que os seus produtos resistam ao calor por mais tempo. Confira 4 delas agora mesmo!

1. Atente-se ao local de conservação

Você sabia que não é apenas a temperatura sozinha que pode interferir na qualidade e durabilidade dos seus produtos?

Os alimentos podem sofrer alterações causadas por:

  • agentes físicos, como calor e luz;
  • agentes químicos: como oxigênio e água;
  • agentes biológicos: como enzimas e micro-organismos.

Por isso, criar o melhor ambiente para conservar os seus doces é a melhor forma de protegê-los durante todo o ano, evitando também o desperdício com as perdas.

Em relação ao chocolate, que é o ingrediente da confeitaria que mais sofre nos dias quentes, guarde bem embalado e evite a entrada de ar, umidade e outros odores — afinal, a gordura do chocolate absorve os odores e isso altera o sabor.

2. Cuide da temperatura

Ainda falando sobre o chocolate, como dissemos, conservá-lo em freezer ou geladeira interfere na sua qualidade. Por isso, o ideal é mantê-lo em um local escuro e seco, com a temperatura ambiente entre 12 e 20°C.

Uma boa dica para manter esse espaço adequado é investir em um ar-condicionado dentro do seu estoque ou, até mesmo, na cozinha. Dessa forma, todos os outros ingredientes que você utiliza também vão se beneficiar do frescor.

3. Tenha cuidado durante o manuseio

Se você não tiver ar-condicionado e a geladeira for inevitável para proteger o chocolate, embale-o em dois sacos plásticos herméticos, sendo um dentro do outro.

Para retirá-lo da geladeira, mantenha o chocolate dentro dos sacos por 2 horas, em média, para que ele volte à temperatura sem ter contato com o ar.

Na hora de manusear o chocolate, é fundamental deixá-lo longe do calor e da umidade, por isso:

  • não cozinhe, pois isso vai deixar o ambiente cheio de vapor;
  • utilize utensílios secos, para que nenhuma água entre em contato com o chocolate;
  • use luvas, para evitar o suor e marcas de digitais;
  • se possível, trabalhe a noite, quando as temperaturas são mais amenas.

4. Produza menores quantidades por vez

Se a sua demanda e ritmo de produção permitirem, faça menos produtos por vez. Isso vai ajudar a conservar os alimentos de forma correta e não deixar que os ingredientes e também os produtos prontos fiquem expostos por mais tempo, sem necessidade. Além disso, se ocorrer algum problema e você perder os produtos, o prejuízo será menor.

Como dissemos, não tomar os devidos cuidados com a conservação de doces pode colocar os lucros e a imagem da sua empresa em risco. Afinal, pode haver perda de ingredientes porque eles estragaram, desperdício de matéria-prima porque os produtos derreteram ou ficaram fora do padrão de qualidade. Não arrisque!

Você gostou destas dicas e quer conferir muito mais? Então, assine a nossa newsletter agora mesmo!