reposição de estoque

Veja a importância da reposição de estoque e quando realizar

Muitos profissionais iniciantes no universo da confeitaria podem pensar que o balcão e as prateleiras, ou seja, os locais em que os produtos são expostos, são os pontos essenciais da loja. Não é uma inverdade, mas podemos dizer que esses espaços dividem a importância com um outro menos visível: o estoque.

Isso porque, um bom controle de estoque vai garantir que não faltem insumos para a produção e, ao mesmo, que não haja desperdícios com a compra de matérias-primas que podem estragar antes de serem utilizadas.

Nesse sentido, a reposição de estoque é um processo crucial para o sucesso do seu negócio. Acompanhe, neste artigo, como esse trabalho está diretamente ligado ao controle do estoque e como realizá-lo da melhor forma. Boa leitura!

A percepção da época certa

Como você já deve imaginar, o momento certo de fazer a reposição de estoque não é quando os insumos começam a se esgotar. É preciso se antecipar às suas demandas e acompanhar de perto as variações do mercado, a fim de evitar tanto a escassez quanto o acúmulo.

As datas especiais, que aumentam as vendas sazonais, precisam de um planejamento especial, como o Dia das Mães, a Páscoa e o Dia dos Namorados, que costumam atrair muitos clientes interessantes em presentes e ovos de chocolate.

Também vale a pena acompanhar as mudanças em volta da sua loja: se existe uma universidade por perto, por exemplo, acompanhe o calendário, percebendo quando o fluxo de clientes aumenta e diminui.

A identificação de produtos recorrentes

Geralmente, em seu mix de produtos, alguns são os mais vendidos durante todo o ano, enquanto outros têm boa saída em períodos mais específicos: como as sobremesas geladas no verão e os kits de fondue nos dias frios.

Acompanhar essas vendas vai ajudar você a fazer uma reposição de estoque eficiente, garantindo sempre um produto final de qualidade superior para os seus clientes. Afinal, se entre esses produtos recorrentes existem receitas com frutas frescas, por exemplo, uma reposição inteligente é fundamental para evitar o desperdício das frutas que ficaram velhas e a queda na qualidade dos seus produtos.

O inventário

Acredite, fazer um inventário é uma estratégia que funciona muito bem, especialmente em estabelecimentos que têm uma alta rotatividade no estoque, como as confeitarias e padarias.

Por meio desse documento, é possível perceber em pouco tempo quais são os itens que têm mais saída e aqueles que estão ficando armazenados por mais tempo — ou até mesmo encalhados.

O inventário também facilita o controle de dados importantes, como a validade dos produtos, a rotatividade e o local de armazenamento.

O diferencial de um sistema especializado

Uma forma bastante eficiente de acompanhar todas as informações que citamos ao longo deste artigo é a utilização de um software.

Hoje em dia, existem diversas opções para o mercado de confeitaria e panificação, que ajudam os empreendedores a serem mais assertivos na sua rotina, ajudando na reposição do estoque e até mesmo na organização das vendas e no atendimento ao cliente. Isso pode ser feito por meio da precificação e cobrança digitalizada, por exemplo.

A reposição de estoque demanda a atenção e o cuidado do responsável, mas é capaz de apontar falhas no processo de compras e, especialmente, de evitar desperdícios. Aposte nisso agora mesmo!

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você. Para conferir mais artigos como este, assine a nossa newsletter.