bicos de confeitar

Bicos de confeitar: afinal, para quê serve cada um?

Os bicos de confeitar são verdadeiros aliados dos chefs confeiteiros, seja na hora de decorar ou rechear. E já que uma das principais funções desses objetos é mesmo a decoração, é possível imaginar que existe uma grande variedade deles, que permitem os mais variados formatos de desenhos em chantilly, chocolate etc.

Também existe no mercado várias marcas de bicos de confeitar, bem como nomes e numerações específicas. Em relação ao material, eles costumam variar entre o inox (que dura mais e garante um trabalho mais delicado e preciso) e o plástico (que é mais barato, porém menos resistente e não produz um trabalho tão preciso).

Vale a pena considerar todos esses fatores na hora de escolher os seus bicos de confeitar, afinal, o resultado trazido por eles é capaz de fazer toda a diferença em seus bolos, tortas e doces. Lembre-se de que os produtos de confeitaria tem um grande apelo visual, e se a decoração não estiver impecável, é certo que não vai atrair a atenção dos clientes — ainda que sejam deliciosos.

Conheça agora alguns tipos de bicos e em quais tipos de trabalhos eles são mais indicados.

Folha

Como o próprio nome sugere, esse é o modelo perfeito para fazer os mais diferentes tipos de folhas. Existem algumas opções no mercado que fazem folhinhas variadas, mas o que vai mandar no trabalho mesmo é a pressão feita no saco na hora da aplicação. Além de controlar a força da sua mão, não se esqueça de manter os movimentos para frente e para trás, fazendo as ranhuras e deixando o desenho ainda mais bonito.

Perlê

Mais pontiagudos e maiores do que muitos outros bicos, é preciso prestar atenção ao comprar esse bico, já que ele pode precisar de um adaptador maior. Mas o investimento extra vale a pena, já que ele é ideal para criar rendas, contornos, linhas, formatos geométricos e até mesmo letras.

Além disso, o perlê é muito utilizado para rechear bombas e cupcakes, justamente por ser mais fininho e comprido. Para essa função, experimente o 230, que é ainda mais longilíneo (bem mais!) do que os outros.

Babado

Os acabamentos com formato de babados são um clássico na decoração da confeitaria, especialmente em bolos. Os modelos desses bicos permitem desde os menores até os mais largos, e eles também produzem o efeito de concha. Vale a pena ter pelos menos um bico desse formato na sua coleção.

Pitanga

Um verdadeiro coringa na confeitaria, o bico pitanga é ideal para desenhar estrelas, conchas, flores e também para o acabamento. Existem os modelos de pitanga aberta e pitanga fechada (que garante ranhuras mais acentuadas).

Além da versatilidade de desenhos, os resultados podem variar ainda mais dependendo da pressão que você faz no saco e da posição em que o bico está. Ou seja, compre pelo menos um pequeno e um grande e brinque com as possibilidades.

Pétala

Por fazer pétalas, é possível pensar que esse bico é limitado, mas longe disso! Existem diversos modelos diferentes, capazes de desenhar pétalas e flores dos mais diversos tipos e formatos. Além delas, também é possível criar plissados, arcos, drapeados e festões. Ou seja, é um item bastante versátil na sua cozinha.

Se você fizer uma pequena pesquisa, vai perceber que os bicos de confeitar da Mago são bastante indicados por sua qualidade, durabilidade e precisão. E é possível comprar em lojas de confeitaria, para saber se existe alguma loja que venda nossos produtos perto de você é só entrar em contato através do nosso site ou redes sociais.

Em caso de dúvidas, fale com a nossa equipe.