Conheça a história por trás do tradicional Bolo do Bixiga!

Onde tem festa, tem bolo! Há 33 anos, o aniversário de São Paulo é marcado pelo famoso Bolo do Bixiga. Esse acontecimento que reúne tradição, amor e união em um só evento, conta com um bolo feito especialmente para os moradores do bairro comemorarem essa data tão especial para os paulistanos.

Neste post, falaremos mais sobre essa história, outras curiosidades e até a receita do Bolo do Bixiga. Continue a leitura e confira!

A história do Bolo do Bixiga

O dia 25 de janeiro é uma data especial para os paulistanos tanto pelo aniversário de SP quanto pelo Bolo do Bixiga. Essa comemoração feita no tradicional bairro da região central começou em 1986, no 432º aniversário da capital paulista.

O idealizador foi Armando Puglisi, ilustre morador do bairro do Bixiga, que teve uma ideia simples, mas audaciosa: fazer um bolo gigante para comemorar a data. Para isso, diversos moradores contribuíram levando pedaços de bolo, que foram colocados lado a lado e formaram cerca de 270 metros. O objetivo era presentear a cidade que acolheu tantos imigrantes, principalmente no Bairro do Bixiga.

Desde então, a tradição continua firme e forte, mesmo após o falecimento do seu idealizador. Atualmente, o Bolo do Bixiga é organizado por Walter Taverna e o evento reúne centenas de pessoas, com muita alegria e direito a música ao vivo. A festa acontece das 09 h às 12 h, na Rua Rui Barbosa.

Curiosidades sobre a tradição

Como toda boa história, o Bolo do Bixiga traz algumas curiosidades interessantes. Por exemplo, o desejo inicial do idealizador do evento era que o bolo tivesse o tamanho em metros, equivalente à idade de São Paulo. Porém, como era tudo custeado pelos moradores do bairro, isso nem sempre foi possível.

Contudo, o Bolo do Bixiga já foi reconhecido mundialmente pelo seu tamanho, tanto é que já entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes, como maior do mundo. Tal feito trouxe diversos patrocinadores para o custeio do evento, o que ajudou muito, afinal eram necessários mais de 1000 quilos de farinha de trigo, 3 mil ovos e outros ingredientes.

O momento de servir o bolo gigante também mudou com o passar dos anos. Antes, esse processo era um tanto tumultuado, pois, as pessoas devoravam a guloseima em questão de segundos e de forma desordeira — fato que afastou os patrocinadores. Por essa razão, hoje em dia o bolo é servido em pedaços e entregue nas mãos dos visitantes, sem a bagunça dos anos anteriores.

A receita do Bolo do Bixiga

Agora que já conhece tudo sobre a história desse evento, certamente ficou com curiosidade para saber como é a receita do bolo que atrai multidões, não é mesmo?

Então, saiba que se trata de um pão de ló tradicional da confeitaria. Além disso, os organizadores costumam pedir que a cobertura seja branca, mas sempre há espaço para inovação. Confira a seguir os ingredientes para a base do Bolo do Bixiga!

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada;
  • 1 ½ xícaras (chá) de açúcar refinado peneirado; 
  • 8 ovos.

Modo de fazer

Bata os ovos na batedeira por cerca de 5 minutos ou até que tenham dobrado de tamanho e ganhado uma cor mais clara. Em seguida, misture o açúcar em velocidade média, adicionando colher por colher. Terminada essa parte, é hora de incorporar a farinha na mistura, com auxílio de um fouet e de maneira bem delicada para não perder o ar da massa.

Depois, é só untar a forma com o Desmoldante Solta Fácil da Mago e colocá-la no forno preaquecido a uma temperatura de 180 °C por cerca de 40 minutos. Após desenformar, é só servir.

O Bolo do Bixiga é muito mais do que a junção de ingredientes, trata-se de uma lição de união, afinal consegue mobilizar todo um bairro em prol da reunião dos vizinhos e amigos para celebração do aniversário de SP, mantendo viva a tradição da cidade.

Gostou de conhecer mais sobre a origem do Bolo do Bixiga? Então compartilhe este post nas redes sociais para que seus amigos entendam mais sobre a cultura paulistana.