Chantilly: saiba mais sobre esse clássico da confeitaria

Creme de leite fresco e açúcar. Apenas dois ingredientes, quando juntos da maneira certa, são capazes de criar uma deliciosa iguaria presente em diversas receitas e adorada pelos confeiteiros: o creme chantilly.

Apesar da simplicidade no preparo, é necessário conhecer algumas dicas essenciais para que tudo saia perfeito.

Continue a leitura e confira mais informações sobre esse clássico da confeitaria!

História do chantilly

A França é o berço de muitas deliciosas iguarias mundialmente famosas. Não foi diferente com o chantilly. Embora seja uma história de muitas versões, a mais conhecida começa na cidade francesa de mesmo nome do creme.

Segundo essa história, o chantilly foi criado por Fritz Carl Vatel (1635-1671), famoso cozinheiro francês. Ao perceber que o leite da região era mais gorduroso e, por isso, mais denso, Vatel teve a ideia de bater e adicionar açúcar, criando um creme pastoso, conhecido hoje como creme chantilly.

O creme foi tão bem recebido pelos nobres palacianos a quem Vatel servia que o nome do seu castelo ficou sendo Château de Chantilly.

Receita tradicional

O creme chantilly é usado em diversas preparações, como coberturas, recheios, para acompanhar bebidas e também para dar leveza a mousses e outros cremes. 

A receita tradicional é bem simples e leva poucos ingredientes. Entenda a seguir como fazê-la!

Ingredientes

  • 500 ml de creme de leite fresco (com, no mínimo, 30% de gordura);
  • 3 colheres de sopa de açúcar refinado.

Modo de preparo

  1. Coloque o creme de leite fresco na batedeira e bata até que comece a aumentar o volume.
  2. Depois, incorpore o açúcar até que a mistura comece a formar ondinhas e ganhe mais firmeza a ponto de não cair ao virar a vasilha.

Embora essa seja a receita tradicional, nada impede de inovar nessa preparação. O chantilly pode ser aromatizado com essência de baunilha, raspas de limão, canela, laranja, café, chocolate e tantas outras opções, por exemplo.

Além disso, é possível sair do tradicional branco e explorar novas cores com corantes soft gel!

Dicas essenciais

A receita é bem fácil e muito versátil, mas existem alguns segredinhos que garantem o resultado perfeito.

A temperatura, o ponto certo, a forma correta de bater: tudo isso influencia no sabor e consistência. Veja quais são elas:

Temperatura

Um dos detalhes mais importante na hora de fazer o creme de chantilly é a temperatura. Isso porque o ideal é que o creme de leite esteja bem gelado na hora do preparo.

Para isso, é só deixar o ingrediente na geladeira e colocá-lo no congelador por 10 minutos antes de bater. Outra dica é colocar a tigela e os batedores ou fouet no freezer por alguns minutos.

Hora de bater

Você pode tanto bater à mão quanto com a batedeira. Na primeira técnica, use um fouet de boa qualidade. Quanto maior for o utensílio, mais rápido o creme chegará ao ponto.

Na batedeira, use a velocidade média ou baixa, mas nunca a alta! Dessa forma, você não correrá o risco de passar do ponto e virar manteiga. Durante o processo fique sempre acompanhando tudo de perto!

Falando em ponto, o correto para o chantilly é que ele fique preso nos batedores, firme e formando picos duros, de modo que não caia com facilidade.

O creme chantilly é um clássico da confeitaria e, como vimos, não é nada difícil de fazer. Porém, seguir as dicas apresentadas fará toda a diferença para o resultado.

Além disso, fica a última dica: use produtos e utensílios de qualidade. Tanto os ingredientes usados como os utensílios para o preparo e para a aplicação do creme são importantes.

Sempre escolha por bons bicos e sacos de confeitar para maior precisão e melhor finalização dos seus produtos.

O que achou das nossas dicas? Assine nossa newsletter e receba conteúdos como este direto no seu e-mail!