3 lições de gestão de confeitaria que você pode aprender com a novela A Dona do Pedaço!

Ter amor pelo que faz e curiosidade para sempre correr atrás de novidades: essas são algumas das características que sempre busquei colocar em meu trabalho — o que deu muito certo. Meu nome é Maria da Paz, sou proprietária de uma rede de lojas e hoje falarei um pouco mais sobre as lições que aprendi sobre gestão de confeitaria ao longo dos anos.

Nem sempre as coisas saíram conforme eu planejei, mas com sabedoria e muito aprendizado consegui colocar em prática uma boa administração, fazendo com que minha empresa se tornasse uma das maiores do país. A seguir, vou compartilhar com você algumas das dicas que aprendi. Confira!

1. Busque sempre por treinamentos

Eu cresci vendo minha avó fazendo bolos. Cada dia era uma receita nova, mas sempre tive muita curiosidade em desenvolver novas técnicas e aprender sobre o que o mercado apresentava de tendências. E isso faz toda a diferença!

Hoje, com o aumento da competitividade, é preciso apresentar aos seus clientes um excelente produto e, ao mesmo tempo, se diferenciar de outros negócios. O meu ponto positivo foi justamente aguçar o interesse dos meus clientes: foi aí que desenvolvi o Bolo Mágico da Paz, em que o principal ingrediente era a canela.

Para quem gosta daquele gostinho caseiro e de muita qualidade, praticamente sente o cheiro de um café quentinho na beirada da mesa perto das pessoas queridas.

2. Procure produtos de qualidade no mercado

Eu comecei a minha jornada vendendo os bolos em um carrinho simples, depois de ter batalhado durante boa parte da noite na cozinha cedida por um grande amiga. Mas com o sucesso do meu produto, o meu negócio foi crescendo — foi aí que montei uma pequena lojinha em vez de ficar transitando pela cidade.

Um dos pontos que mais contribuíram para que eu pudesse desenvolver a minha empresa de uma forma tão rápida foi prezar por itens de qualidade. De nada adiantava o meu talento se eu não investisse em bons produtos, concorda?

Isso não está restrito apenas aos ingredientes, como também em produtos de confeitaria que me permitem elaborar uma verdadeira obra de arte nos meus bolos. A pessoa fica encantada com o sabor e também com a beleza estética dos meus produtos, o que é outro diferencial na gestão de confeitaria.

3. Registre a sua marca

Recentemente, passei um susto! Fui impedida de usar o nome “Bolos da Paz” porque eu não era mais proprietária de meu negócio (essa é uma longa história, fica para outra conversa). Mas isso serviu de um aprendizado: sempre registre o nome de sua empresa.

A partir disso, você tem a oportunidade de:

  • buscar indenização pelo uso não autorizado por outras pessoas;
  • dispor dessa marca em transações comerciais;
  • fazer com que ela seja conhecida em qualquer parte do país (a “Bolos da Paz” está presente no Brasil todo!).

Essa é a maneira mais efetiva de garantir que você terá o seu registro garantido para a expansão da empresa e garantir o sucesso do seu negócio.

E então, o que achou das dicas sobre gestão de confeitaria que eu aprendi ao longo dos anos? O ideal é que você tenha um ótimo planejamento para que nada saia do eixo, além de sempre contratar colaboradores que sejam de confiança para cargos mais altos. Você não vai querer passar o susto de ser colocada para fora de sua loja que nem eu passei, não é verdade?

Se você quer saber ainda mais sobre o assunto, continue no blog e saiba como organizar a sua loja!